A CURA PARA TODOS OS MALES  (2)

 

 

Tenho visto, na web, muitos textos que abordam a cura física/espiritual e este que estás lendo, provavelmente não é mais digno de confiança do que os demais, sobre a mesma questão. Na verdade, ler e mais ler sobre cura, não cura ninguém; ao contrário, nos torna mais doentes, devido à inquietação mental, que tantas teorias/argumentações/opiniões provocam.

Já mencionei neste sítio que sinto-me pouco à vontade para dar sugestões/conselhos, baseados nas revelações que me ocorrem (e que não passam de opiniões, para os outros), pois prefiro divulgar os ensinamentos de homens realmente sábios. Entretanto, apesar da aversão, acredito que, neste momento, devo fazer isto.

Para de ler sobre cura e de buscá-la fora de ti, pois então começarás a acumular força e discernimento necessários para curar-te, seja lá o que for a verdadeira cura; e não fica especulando sobre o tempo que isto tardará: esquece, inclusive, os prováveis benefícios pessoais que advirão deste esforço.

Evita implorar/pagar para que outros curem teus transitórios males físicos ou emocionais, porque isto enfraquece tuas autoconfiança e determinação. Fortalece a ti mesmo, espiritualmente, suportando o máximo possível, em silêncio, e confiando em que o mal atual, na hora devida, perderá a força e desaparecerá, tal como as demais relatividades da vida; pede, a Deus, coragem e paciência para enfrentá-los.

Não pensa em doenças e em saúde, pois estes pensamentos, e suas consequências, causam doenças. Quem pensa em saúde, necessariamente também pensa em doenças e passa a maior parte do tempo correndo atrás da saúde; contudo, isto já é uma doença (mental) e, talvez, a pior delas.

Afirmo estas coisas, não guiando-me por teorias mundanas e nem mesmo pelas palavras dos Sábios, mas pelo método de experimentação pessoal, e podes comprovar, em ti, estas Verdades;  não precisas (e nem deves) acreditar em mim. Doenças menores e comuns, como fome e sono excessivos, podem ser sinceramente tratadas em tuas autoexperiências iniciais (atenção, pois ninguém acha que come muito e dorme muito). Com a expressão "sinceramente tratadas", quero dizer que o tratamento não deve ser motivado pelo simples desejo de ver-te livre dos males, para que possas gozar a vida, e sim pela decisão interior de transcender esta vida/mundo de ilusões...

Não vou detalhar como procedo, para não carregar a tua mente com mais teorias. Medita e reflete sobre o que realmente somos, à luz dos ensinamentos dos Grandes Mensageiros do Altíssimo, e saberás como proceder... Tem fé Neles e em ti!

 

Uma última advertência. Se curas aparentemente milagrosas começarem a manifestar-se em ti, rejeita imediatamente, sempre que surgir, o desejo de usar o teu 'poder' para ajudar ativamente os outros, pois só existe um Poder e Ele não está sob teu controle. Permite que cada um caminhe por conta própria, fortalecendo-se lenta e naturalmente, de forma segura. Se estiveres destinado(a) a ajudar o mundo, isto acontecerá sem necessidade de tua intervenção consciente (ego) e sem prejuízo à evolução natural dos teus semelhantes.

 

 

 

Por mim, nada posso; mas, por Ti, Senhor, EU POSSO.

 

31/03/2009

 

http://quemsoueu00.blogspot.com/

www.000webhost.com