DESAPEGA!

 

Inventaram novo modismo: o slogan "desapega!". É claro que não significa o sincero desapego pregado pelos salvadores da humanidade, mas sim apenas mais uma tentativa, entre tantas outras, para estimular o comércio e, consequentemente, "aquecer" a economia.

Tenho observado muitas pessoas aderindo a esta moda, incentivando os outros a se desapegarem de suas coisas inúteis; no entanto, ainda não vi alguém dizer para si mesmo: "desapega!". Não somente se desapegar de inutilidades, porque, apesar disto já ser difícil para o homem, é muito pouco para o Altíssimo. O desapego que O agrada, que salva as almas, que as eleva ao "Reino de Deus" (Paz e Felicidade, aqui e agora), tem que ser total, ou seja, alegremente devemos renunciar a tudo que nos mantém acorrentados a este mundo de ilusões, mesmo às coisas que ainda nos parecem boas, corretas e inofensivas (prazeres, paixões, desejos, etc.).

Aproveitando a ideia comercial, proponho o seguinte mantra para todos nós, que estamos engajados na busca espiritual: "desapega, meu eu!".

 

 

11/07/2017

 

http://quemsoueu00.blogspot.com/

www.000webhost.com