MERCEDES BENZ

 

"Meus amigos dirigem Porsches e eu não posso ficar para trás

Então, Senhor, não me darás uma Mercedes Benz?"

 

 

E vamos à costumeira fustigada natalina. Por favor, não se ofenda, pois me considero o Fustigado nº1. Quem sabe, o constrangimento pela identificação com o texto, toca os corações do digitador e do(a) leitor(a), provocando o arrependimento salvador?

 

Nós, fariseus modernos (uns 99,9999% da humanidade), adoramos as festas de fim de ano. Além de quase todos os excessos prazerosos serem permitidos (comida, bebida, etc.), sem sentimento de culpa, também podemos proclamar publicamente nossa bondade/consciência social e, então, conseguir 15 segundos de fama: basta manifestarmo-nos na imprensa falada ou escrita, clamando eloquentemente por Paz, tal qual acontece a cada dezembro. Como já mencionado aqui na página, culpar os outros pela não-Paz e exigir que eles ajam como achamos ser necessário para alcançá-La, é ingenuidade ou hipocrisia: está mais do que provado que ninguém consegue induzir o próximo a ser pacífico; mas, se cada um pacificar a si mesmo, automaticamente o mundo inteiro estará em (ou melhor: será) Paz. Acho que nem mesmo os materialistas mais radicais, poderiam discordar deste raciocínio lógico, que não é "meu": a Vida nos ensina isto.

Além dos fariseus amadores, mencionados acima, há também os profissionais, que dedicam-se à autopromoção durante o ano todo. Sempre com grande estardalhaço e, é claro, anunciando aos quatro ventos, executamos nossas "boas" obras; mas, apesar daquelas atividades aparentemente nobres e altruístas, que muito bem sabemos quais são, o que buscamos, em primeiríssimo lugar, é satisfação/lucro pessoal (notoriedade, aprovação pública, favores, agradecimentos, influência, prazer, dinheiro e poder). Se o esforço farisaico fosse bom, o mundo já teria melhorado há muito tempo, pois, pelo menos há 2.000 anos, agimos exatamente como o fazemos hoje.

Se ainda não somos capazes de ajudar discretamente e sem interesse pessoal, menos ruim para o mundo seria deixarmos a hipocrisia de lado, admitindo que a motivação de todas as nossas ações/orações é o egoísmo, assim como fez a cantora americana JJ: "Senhor, não me darás uma mercedes benz?".

 

 

Textos relacionados:

O Primeiro Passo

Feliz ano novo?

Quem é de Deus

 

 

Senhor, o presente de Natal que peço-Te é somente este: que purifiques as intenções deste fariseu aqui...

 

15/12/2009

 

http://quemsoueu00.blogspot.com/

www.000webhost.com