A NAU DOS INSENSATOS

 

 

A nau dos insensatos está sempre por aí, singrando os mares da ilusão. Ela não pode ficar no mesmo lugar, por muito tempo; precisa navegar continuamente, de um lado para outro, sempre em busca de novidades prazerosas e mudanças/modismos, para tornar suportável a vida de seus passageiros.

Em todos os portos onde ancora, há sempre multidões esperando para embarcar; igualmente, em todos os portos, ela despeja uma enorme carga de mortos-vivos. O comandante desta nau é o adversário da Verdade, da Vida e da Luz; mas, para não haver dor de consciência, ele é convenientemente chamado de "Deus". Ninguém estranha não haver, à bordo, nenhum Jesus Cristo, nenhum Ramana Maharshi, nenhum São Francisco de Assis; fingem não ouvir/entender os alertas dos verdadeiros homens de DEUS, de que a nau dos insensatos é uma canoa furada. Continuam embarcando, uns atrás dos outros, sem saber por quê, sem saber para onde: vão simplesmente seguindo a multidão.

De porto em porto, ela vai. Os passageiros nunca descansam, nunca têm paz. No "Porto Aniversários" eles comemoram, apesar de estarem um ano mais próximos da morte e tão ignorantes quanto no ano anterior. No "Porto Casamentos" assistem, emocionados, cerimônias onde casais juram amor e fidelidade recíprocos, por toda a eternidade de alguns meses. O porto da moda é o "Copa do mundo", onde tem tanta gente no momento, que o restante do país está abandonado e quase parado. Daqui a alguns meses, a nau baixará âncora no "Porto Eleições", onde milhões de insensatos desperdiçarão tempo prestando atenção em algumas centenas de outros, que prometerão melhorar a vida do povo. Em um dos mais visitados desde o final do século passado, o "Porto Salve o Planeta", eles tentam dar sentido e importância às suas vidas vazias, fingindo se preocupar com o destino do mundo e de seus habitantes...

...E lá se vai ela novamente, em busca de esperanças/esmolas, algures. Os passageiros parecem ricos gozando férias, "filhos do Rei", mas na verdade são mendigos: estão sempre implorando por migalhas de alegria, sempre mendigando por ajuda, respostas e consolos mundanos. Status social, poder político, diplomas, dinheiro e QI em nada contribuem para livrá-los da indigência em que vivem. O estranho é que, mesmo com tanto esforço/correria, continuam tão miseráveis como sempre e não percebem (ou não querem perceber) que estão navegando cada vez para mais longe das verdadeiras Paz e Felicidade. 

 

Se te sentires constrangido(a) por perceber que este texto discorre sobre ti, não desanimes e não te ofendas, pois constrangimento e arrependimento indicam que estás pronto(a) para renunciar à nau dos insensatos. Esta simples renúncia não nos torna sensatos; mas, nos coloca no caminho da sensatez (ou Verdade ou, como prefere a maioria, DEUS) e isto já é um enorme avanço espiritual. Contudo, se achavas que a tua vida era difícil enquanto seguias a multidão de mortos-vivos, sabe que muito mais difícil ela ficará, depois de abandoná-la. Sim, porque a partir de então, começarás a dizer "NÃO" para ti mesmo, enquanto os egos (teu e dos outros) não gostam de quem age assim. Por isto, prepara-te para as reações interior e exterior, que serão terríveis. Escrevo esta advertência sem receio já que sei, por experiência própria, que, de forma alguma, ela intimidará aqueles que estiverem sinceramente decididos a dar meia-volta na vida e retornar para a nossa verdadeira Casa, onde o Pai Celeste nos aguarda, de braços abertos.

 

 

Senhor: por motivo que desconheço, Te dignaste a abrir os olhos desta alma; dá-me, pois, força para seguir na direção oposta à dos demais insensatos...

   

01/07/2010

 

http://quemsoueu00.blogspot.com/

www.000webhost.com