ERA UMA VEZ, UMA ONDA...

 

    "Quem busca o Reino de Deus (PAZ),

      que renuncie a si mesmo e me siga".

    "Quem não renascer em Espírito,

      não entrará no Reino de Deus".

                                                        Jesus Cristo

 

Deslizando sobre o Mar, a onda vai...

Orgulhosa por seu poder e liberdade.

Não é ela, especial entre todas as ondas?

Não tem o oceano inteiro, ao seu dispor?

No entanto, a felicidade é intermitente.

No fundo, há a certeza de que tudo acaba;

De que, um dia, deixará de existir.

Cedo ou tarde, topará com uma praia,

Onde morrerá na areia.

Ou, ainda pior, uma morte trágica,

Despedaçada contra algum rochedo.

Seu poder e liberdade são ilusórios;

Seu destino não está em suas mãos...

 

E vai a onda, pelo Mar; ora alegre, ora triste:

Alegre, por estar indo; triste, por nunca chegar.

Alegre, pelos prazeres que já gozou;

Triste, porque a felicidade não dura...

Enfim, percebeu que algo estava errado;

Vida não poderia ser aquilo que ela vivia.

 

Um dia ouviu, vindo de parte nenhuma:

"Tu não és onda; Tu és o Mar.

Que te importa que morras, como onda?

Continuarás sendo o que realmente és: Mar".

Então, ela conheceu a causa do sofrimento:

A sensação/sentimento de ser onda.

E soube qual é o caminho para a Paz:

Livrar-se da ilusão de ser uma onda,

Diluir-se no oceano, aqui e agora.

Morrer como transitória onda

E, imediatamente, renascer como eterno Mar.

Renunciar à individualidade "onda"

E, num relance, ressuscitar para a Vida.

Amém.

 

 

Textos relacionados:

As ondas e o Mar

 

 

De uma onda, para outras ondas...

 

02/02/2011

 

http://quemsoueu00.blogspot.com/

www.000webhost.com