RAMANA CRISTO (ou JESUS MAHARSHI)

 

 

 

Não é errado adorar-Vos a ambos, pois não sois dois: sois apenas UM

E eternamente vivos nos corações daqueles que quereis atrair

Somente quando estou só, como agora, posso permitir o pensamento em Vós

Que enche a alma de Paz/Felicidade e, os olhos, de lágrimas

Até que consiga estar Convosco, sem pensar e chorar, devo ser cauteloso

Não tenho o direito de constranger e/ou aborrecer os que me rodeiam

E não convém que o mundo próximo saiba o que se passa em nosso íntimo.

 

Neste momento de violento assalto do mal, sob a forma de vil desejo

Quando há muito não desejava coisas mundanas

Me vejo novamente sob o fogo cerrado da paixão e do impulso

A mente, em turbilhão, me incita a voltar para os velhos caminhos

Tenta convencer-me de que cheguei ao fim da linha

Me ataca com todas as armas imagináveis

Recorda prazeres e amores, fomenta angústia e tristeza...

 

Querido Mestre, a quem posso recorrer, senão a Ti?

Não quero o consolo dos homens, apenas o Teu

Vem e dá-me força, para resistir ao inimigo

Fica comigo no sono, no sonho e na vigília

Sou inconstante na Fé e incorro em erro infantil

Pois o que mais és, senão Presença em tudo, inclusive em mim?

Se as provas/tentações são necessárias, que elas venham

Mas, Te faças anunciar a esta alma, oh, Bem-Amado

Para que, nos momentos de fraqueza, ela não se sinta desamparada.

 

 

 

Divulgo os percalços deste digitador, para que saibas, caro(a) buscador(a), que não estás só, em tuas tribulações espirituais. Também podemos obter consolo, pela via da Devoção/Dualidade, meditando sobre a via-crúcis do Cordeiro de Deus, o Sublime Nazareno, que, 2.000 anos atrás, aceitou tudo, com humildade e mansidão.

Em meados do século XX, Ele novamente derrotou a vida e a morte. Desta feita, o martírio foi discreto e lento, pois o carrasco estava dentro do corpo carnal (câncer); mas, para benefício de toda a humanidade, a via-crúcis do Sábio de Arunáchala foi devidamente registrada por Seus devotos e hoje serve de exemplo e consolo para milhares de buscadores, mundo afora.

 

Paz Interior, pela via do Autoconhecimento/Unicidade, podemos vivenciar quando investigamos, dentro de nós, 'aquilo' que sente não-Paz; porém, este método me parece mais árduo e sutil do que o da Devoção. Como não é sempre que consigo aquietar a mente, para conseguir executar tal investigação interior e mergulhar na Paz, não tenho autoridade, pelo menos neste momento, para explicar como proceder. Felizmente, os ensinamentos de Bhagavan Ramana Maharshi, autêntico Mestre e homem de Deus, podem ser encontrados em livrarias e na web e são LUZ para os buscadores que se sentem atraídos por este caminho.

 

 

Senhor: ampara esta alma, quando ela estiver por cair de volta no mundo...

 

29/11/2009

 

http://quemsoueu00.blogspot.com/

www.000webhost.com